zoom

10 cantoras assumidamente feministas


O feminismo está presente na cultura pop e aqui vão 10 grandes cantoras da atualidade assumidamente feministas

cantoras-feministas

Nesta semana, a cantora Clarice Falcão lançou um clipe feminista, recheado de mulheres de diferentes idades, raças e tipos de corpos. A música escolhida foi “Survivor”, sucesso das Destiny’s Child e uma música sobre a superação de um relacionamento abusivo.

Pensando nisso, fizemos uma lista com 10 artistas pop declaradamente feministas. Confira:

Beyoncé

beyonce

Beyoncé abre a lista, já que foi uma das responsáveis por levar o feminismo para a música pop no ano passado com a música “Flawless”, que possui trechos do discurso “Nós Todos Deveríamos Ser Feministas”, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie. Queen Bey declara-se feminista e participou de uma campanha para incentivar meninas a serem líderes, além de ter escrito uma carta aberta defendendo a igualdade de gêneros. “Não é uma realidade ainda”, escreveu a cantora.

Katy Perry:

katy-perry

Katy Perry já chegou a declarar que não era feminista, em 2012, em um evento da revista Billboard, onde foi eleita a “Mulher do Ano” pela publicação. Felizmente, a voz de “Roar” aprendeu o significado da palavra e mudou de ideia. “Eu não sabia direito o que essa palavra significava e agora que eu sei, significa que eu amo a mim mesma como mulher, assim como eu também amo os homens”. No Grammy Awards deste ano, antes da cantora subir ao palco para cantar “By The Grace of God”, uma ativista pelo fim da violência doméstica fez um discurso emocionante. E em julho, ela foi capa da Forbes e afirmou que quer inspirar outras mulheres a não terem medo do sucesso.

Adele

Enquanto se prepara para lançar 25, seu terceiro álbum de estúdio, Adele tem dado entrevistas para divulgar o novo trabalho. Para a revista Rolling Stone, a voz de “Hello” afirmou que é feminista e acredita que “todo mundo deveria ser tratado da mesma maneira, incluindo raça e sexualidade”.

Nicki Minaj

2014 Philly 4th Of July Jam

A rapper Nicki Minaj é conhecida por falar exatamente o que pensa e não é diferente quando o assunto é feminismo. Em várias oportunidades, ela encoraja meninas a irem para a escola ao invés de ficarem atrás de rapazes e reconhecerem seu próprio valor. “Quero ser vista como uma mulher de negócios que trabalha duro e que se orgulha de escrever e fazer rap”, contou Nicki à revista Vogue.

Taylor Swift

taylor-swift

Taylor Swift fez muito barulho neste ano com seu mais recente álbum, o 1989. Ela é outra cantora que se orgulha de ser feminista e faz questão de falar sobre isso. Quando foi capa da revista Maxim, ela declarou que a “misoginia está enraizada nas pessoas desde que nascem”. “Para mim, o feminismo é provavelmente o movimento mais importante que você pode abraçar, porque é basicamente outra palavra para igualdade.”

Pitty

pitty

Pitty vira e mexe fala sobre feminismo na mídia. No ano passado, ela e Anitta participaram do “Altas Horas”, da Rede Globo, onde debateram o machismo na sociedade brasileira. Muitos tentaram criar uma briga entre as cantoras, o que foi logo desfeito pela roqueira. Indo além, para a Rolling Stone, ela quer mais mulheres no feminismo e mais homens apoiando o movimento. “O feminismo não é só bom para as mulheres, para os homens também, para a sociedade, pois se trata de igualdade, não de supremacia. O machismo oprime os homens também. Acho que no dia que eles perceberem isso, vai ser uma grande revolução.”

Ariana Grande

ariana-grande

Ariana Grande, que foi recentemente confirmada para se apresentar no American Music Awards 2015, também é uma das vozes mais fortes do feminismo na música pop. A cantora já escreveu um manifesto feminista no meio do ano, pedindo para não ser mais chamada como a “ex-namorada” de ninguém e rebateu comentários machistas numa entrevista de rádio recente. “Meninos e meninas, todos podemos aprender.”

Demi Lovato

demi-lovato

Demi Lovato lançou no mês passado seu novo álbum, Confident, que reflete o novo momento da cantora, que está muito mais confiante. A voz de “Cool For The Summer” tem usado a sua voz não somente para cantar, mas para pedir igualdade de gênero. “É importante lembrar que o feminismo pode ser confundido com a ideia de odiar homens e apenas apoiar as mulheres, mas a questão real é sobre igualdade, sobre todos se sentirem igualmente amados, igualmente protegidos, igualmente estáveis financeiramente e que sejam bem tratados”, contou a cantora ao R7.

Selena Gomez

Selena Gomez Performs On ABC's "Good Morning America"

Selena Gomez é outra que lançou um novo disco no mês passado, o Revival, e também se declara feminista. No começo do ano, ela postou uma foto numa praia do México e foi criticada por estar “acima do peso”. Desde então, ela tem pedido para que meninas e mulheres amem seus corpos como são e não tenham vergonha deles. É por isso que ela aparece nua na capa de seu recente disco. “Eu visto um shorts de cintura alta que está obviamente cortado, mas [a capa] é linda. Estou orgulhosa dela. Eu não queria diamantes e maquiagem pesada e todas essas coisas sobre mim. Eu queria algo natural”, ela revelou a uma rádio.

Rihanna

The 57th Annual GRAMMY Awards - Show

Rihanna é outra cantora que vem lutando contra o machismo. Em 2009, ela apanhou de seu então namorado, o cantor Chris Brown, e fez questão de falar sobre isso abertamente numa entrevista para a televisão. No mês passado, Riri foi capa da Vanity Fair e voltou a falar sobre o assunto. “Muitas mulheres e jovens meninas ainda passam por isso […] Não é um tema para esconder embaixo do tapete, então eu não posso simplesmente ignorá-lo como se fosse nada ou que eu não o leve a sério.”

Por Artur Francischi do Prosa Livre


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque