zoom

Crítica – “Ibiza: Tudo pelo DJ”


Preparado para ouvir BR em um filme gringo da Netflix?

ibiza-tudo-pelo-dj-1280x640

Três amigas se reúnem, a viagem que inicialmente era a trabalho, no primeiro momento já se tornou a maior loucura da vida das três amigas em “Ibiza: Tudo pelo DJ”, um filme original Netflix. A produção que traz quatro dias da publicitária Harper (Gillian Jacobs) e suas amigas Nikki (Vanessa Bayer) e Leah (Phoebe Robinson), que vão para a Espanha se aventurar, vulgo, uma reunião de negócios – muito importante – para a publicitária.

O que nenhuma delas esperam (e nem você) é que a reunião, se torna a última coisa que a publicitária vai fazer na cidade, após conhecer o DJ Leo (Richard Madden). Até esse momento, você consegue ver e entender toda a premissa do filme, que todas viverão uma aventura de uma noite, até o momento que ela viaja para Ibiza e lá, passa por menos de 24 horas em busca do amor – aka amor verdadeiro.

Durante todo o filme, é impossível não rir com as aventura das três amigas, que passam mais tempo em festas do que conhecendo a cidade (tinha três dias para conhecer Barcelona) e se encontram em enormes casas de festas e de milionários, onde acontece uma enorme desenrolar do filme

Ibiza_Unit_05992

Atenção aos detalhes

É neste momento que você se pega com o filme, a trilha sonora te faz cantarolar diversos hits entre eles, “Sua Cara”, canção de Major Lazer feat. Anitta Pabllo Vittar. Sim! O primeiro hit internacional das artistas brasileiras, está na trilha sonora do longa-metragem da Netflix.

Ah, não podemos deixar de lado a participação de Miguel Ángel Silvestre (eterno Lito de Sense8) em uma das cenas, que como de costume, bem quentes na Netflix – podemos até primeiro gritar “que homem”, para depois continuar rindo de toda a situação.

IBI_2877.NEF

Mas e aí? Vale a pena?

Ao estilo da trilogia “Se Beber não Case”, o filme é uma ótima para aqueles momentos que você só quer assistir algo para rir e se divertir em amigos. Porém, da mesma forma que a famosa trilogia de filmes, o filme deixa diversos pontos a serem respondidos no futuro e oportunidades para a continuação da trama.

Por Redação (E aí, POP)


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque