press

Em apresentação única, Nikolai Lugansky traz sucessos de Schumann e Chopin no Theatro Municipal, nesta terça-feira, dia 20


Instrumentista russo é a primeira atração da Série O Globo/Dell’Arte Concertos Internacionais 2018, que chega este ano à sua 25ª edição

Nikolai Luganski - credito Jean-Baptiste Millot destaque

Considerado hoje um dos principais instrumentistas da nova geração da música clássica, Nikolai Lugansky, primeira atração da edição 2018 da Série O Globo/Dell’Arte Concertos Internacionais, se apresenta nesta terça-feira, dia 20, no Theatro Municipal do Rio de janeiro. Não são poucos os adjetivos e elogios ao russo Nikolai Lugansky. Para o The Guardian, ele é “dono de uma técnica deslumbrante, excepcionalmente seguro e equilibrado e belissimamente articulado”; para a revista Gramophone, “o mais peculiar de todos os intérpretes, pela extraordinária profundidade e versatilidade de suas interpretações”.

Diretor do Festival Rachmaninov, Lugansky há muito se afirmou como um dos grandes intérpretes do repertório pianístico do compositor russo. Na apresentação no Rio de Janeiro, ele dedica ao compositor toda a segunda parte de seu recital, apresentando uma seleção dos Préludes op. 23 e op. 32.

Na primeira parte, ele interpreta Schumann e Chopin.

Para comemorar os 25 anos da série, que tem o patrocínio do Grupo Bradesco Seguros, a Dell’Arte montou uma seleção de oito atrações de primeira linha do universo clássico mundial, entre elas a pianista chinesa Yuja Wang, celebrada como um dos fenômenos da atualidade e darling da mídia internacional, e o aclamado tenor brasileiro Atalla Ayan, que retorna ao país para se apresentar na cidade depois de ter conquistado o mundo.

A temporada terá ainda cinco grandes orquestras: a Orchestre de la Suisse Romande, que comemora seu centenário em 2018 e traz como solista o pianista argentino Nelson Goerner; a celebrada formação alemã Internationale Bachakademie Stuttgart; a Orquestra Filarmônica de Dresden, com seus mais de 150 anos de tradição; a Junge Deutsche Philharmonie, formada por mais de 100 músicos, jovens e promissores talentos; e a Orquestra de Câmara de Viena, conduzida pelo também jovem e promissor pianista Stefan Vladar.

A Série O Globo / Dell’Arte Concertos Internacionais 2018 faz parte do Circuito Cultural Bradesco Seguros, que patrocina a Série desde 1998. O Circuito apresenta para o público brasileiro um calendário diversificado de eventos artísticos com espetáculos nacionais e internacionais de grande sucesso, em diferentes áreas culturais, como dança, música erudita, artes plásticas, teatro, concertos de música, exposições literárias e grandes musicais.

Nikolai Lugansky

Um dos mais brilhantes nomes da nova geração de pianistas russos, Nikolai Lugansky é dono de uma técnica titânica, que o coloca entre os maiores virtuoses de seu instrumento. Vencedor do Concurso Internacional Tchaikovsky de Moscou de 1994, o pianista é hoje um nome consagrado no mundo inteiro. Com uma agenda das mais movimentadas, Lugansky é presença constante nos mais importantes festivais, atuando com as principais orquestras da atualidade.

Filho de cientistas pesquisadores, o pianista nasceu em Moscou em 26 de abril de 1972. Aos cinco anos, começou a assombrar os pais com sua musicalidade inata. O primeiro professor foi um vizinho: o compositor e pianista Sergei Ipatov. Aos sete, ingressou na Escola Central de Música de Moscou, onde estudou com Tatiana Kestner. Com a morte desta, em 1985, passou às mãos de Tatiana Nikolayeva, com quem estudaria por nove anos. Em 1988, Lugansky conquistava o primeiro prêmio em concurso reunindo os jovens talentos de toda a União Soviética, e a Medalha de Prata do Concurso Internacional Bach de Leipzig. Posteriormente, ingressou no Conservatório Tchaikovsky de Moscou, tornando-se discípulo do célebre Sergei Dorensky.

Bem antes de conquistar o primeiro prêmio do Concurso Tchaikovsky, em 1994, o nome de Nikolai Lugansky já havia ultrapassado as fronteiras russas, com passagens brilhantes pela Alemanha, França, Itália, Bélgica, Espanha, Holanda, Tchecoslováquia e Japão. Em 1990, em sua primeira apresentação na Inglaterra, o pianista arrebatou a plateia londrina. O sucesso viria a repetir-se em Vredenburg e no Concertgebouw de Amsterdam. Neste mesmo ano, conquistava o 2º Prêmio no Concurso Rachmaninov de Moscou. 1993 foi um ano difícil: o pianista sofreu um acidente no pé que o deixou vários meses afastado das atividades musicais, que retomaria no final do ano.

Hoje, Nikolai Lugansky apresenta-se como convidado das principais orquestras do mundo, dirigidas pelos mais importantes nomes da regência. Seus concertos, recitais e apresentações de música de câmara por toda a Europa, Ásia e Américas, conquistaram o público e os mais exigentes críticos.

Sua arte está registrada em numerosas gravações, que lhe valeram muitos prêmios: o Diaposon d’Or de l’Année de 2000 por seu registro integral dos Études de Chopin, distinção que voltaria a conquistar com suas gravações subsequentes, Préludes et Moments Musicaux de Rachmaninov e os Préludes de Chopin. Sua gravação dos Concertos para Piano Nos. 1 e 3 de Rachmaninov valeram-lhe o prêmio da “Deutschen Schallplattenkritik” e a do Concerto para Piano Nº 1 de Tchaikovsky, para o selo Pentatone, recebeu a “Gramophone Editor’s Choice” em 2004.

Atualmente, o pianista é artista exclusivo do selo Naïve-Ambroisie. Sua gravação das duas sonatas para piano de Rachmaninov, valeram-lhe o “Diapason d’Or” e o Gravação Solo do Ano do Prêmio “ECHO Klassik” de 2013. Recentemente foi lançado o álbum contendo o Concerto para piano de Grieg, ao lado do Concerto para piano Nº 3 de Prokofiev, que recebeu um “Editor’s Choice” da Gramophone. Outras gravações foram merecedoras de vários prêmios, aí incluídos o “Diapason d’Or”, “BBC Music Magazine Award”, e o “ECHO Klassik.” Seus lançamentos mais recentes são um CD com a Sonata em Dó menor e o Impromptus D. 935 de Schubert e outro com a Grande Sonata e As Estações de Tchaikovsky.

Lugansky é também diretor artístico do Festival Tambov Rachmaninov e mantenedor do Espólio Rachmaninov e Museu de Ivanovka, onde também se apresenta como intérprete. Em abril de 2013, recebeu o título de Artista do Povo da Rússia.

Programa

Robert Schumann

Kinderszenen, op. 15 (Cenas Infantis)

  1. Von fremden Ländern und Menschen
  2. Kuriose Geschichte
  3. Hasche-Mann
  4. Bittendes Kind
  5. Glückes genug
  6. Wichtige Begebenheit
  7. Traümerei
  8. Am Kamin
  9. Ritter vom Steckenpferd
  10. Fast zu Ernst
  11. Fürchtenmachen
  12. Kind im Einschlummern
  13. Der Dichter spricht

Frédéric Chopin

Barcarolle em Fá sustenido maior, op. 60                            

Ballade Nº 4 em Fá menor, op. 52

INTERVALO

Sergei Rachmaninov

Préludes, op. 23 (seleção)

Préludes, op. 32 (seleção)

Circuito Cultural Bradesco Seguros

Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguros. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais “Bibi – Histórias e Canções”, “Chacrinha, O Musical”, “Elis – A Musical”, “A Família Addams”, “O Rei Leão”, “Bem Sertanejo”, “Les Misérables”, “60 – Década de Arromba”, “Cinderella” e “Wicked”, além da “Série Dell’Arte Concertos Internacionais”, “Ballet Zorba, O Grego” e a exposição “Cavaletes de Cristal de Lina Bo Bardi no MASP”.

Para conhecer o calendário 2018 dos espetáculos patrocinados e apoiados pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros, acesse www.bradescoseguros.com.br, clique na opção “Outros Portais” e “Circuito Cultural”.


A MIDIORAMA é responsável pela ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO deste evento, não tendo qualquer envolvimento ou responsabilidade sobre a produção, organização, venda de ingressos, agenda ou programação. Qualquer assunto relacionado à venda de ingressos deve ser tratado diretamente com a empresa responsável por sua comercialização.


Serviço


Rio de Janeiro 20 de março (Theatro Municipal)

Data:
20 de março

Local:
Theatro Municipal (Praça Floriano, s/n - Centro - Rio de Janeiro - RJ)

Horário:
20h

Mais informações:

  • FRISA/CAMAROTE: R$ 1.920,00
  • PLATEIA E BALCÃO NOBRE: R$ 320,00
  • BALCÃO SUPERIOR: R$ 160,00
  • GALERIA: R$ 80,00

Ingressos promocionais: R$ 50,00

Descontos:

  • 50% Idoso, Estudante, Clube Sou+Rio O Globo
  • 30% Site Dell’Arte

Formulário de credenciamento


Instituição

Editoria

Credenciado 1


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque