press

PLANETA TERRA FESTIVAL 2011


Saiba tudo sobre um dos mais esperados festivais de música do país, que acontece em São Paulo no próximo final de semana, dia 5 de novembro. Organização do festival altera horários de shows no Indie Stage

planeta-terra-2011-destaque2

São Paulo, 1 de novembro de 2011 – Um dos principais e mais esperados festivais de música do país, o Planeta Terra Festival, acontece no próximo final de semana na capital paulista, dia 5 de novembro, próximo sábado, no PlayCenter.  Com ingressos esgotados, o evento trará este ano 15 atrações nacionais e internacionais, entre elas The Strokes, Beady Eye, Interpol, Broken Social Scene, White Lies, Bombay Bicycle Club, Toro Y Moi, Goldfrapp, Groove Armada e a banda de música experimental norte-americana Gang Gang Dance.

Todos os shows serão transmitidos ao vivo na internet pelo Terra (http://terra.com.br), em high definition (HD) ou em padrão standard (conforme a qualidade da banda do usuário) em quatro canais simultâneos a partir das 15h30 do dia 5 de novembro. A cobertura mais completa dos shows da internet brasileira será comandada pelos apresentadores Kid Vinil e Barbara Thomaz, que irão entrevistar integrantes das bandas, artistas e celebridades. Serão 14 câmeras e 63 profissionais entre produtor, repórter, editor, cinegrafista e equipe técnica, para a transmissão. Já para o portal, trabalharão 10 fotógrafos e 55 repórteres do Terra. Todos eles trarão as informações em tempo real para os internautas.

Além do público de 20 mil pessoas no local, a expectativa do Terra é atingir uma audiência superior a 4,5 milhões de pessoas na internet. A transmissão será feita para o Brasil e mais 16 países da América Latina, além dos Estados Unidos. Como no ano passado, a cobertura também estará disponível ao vivo em smartphones e tablets.

Ansiosamente aguardado pelo público, o festival este ano bateu um recorde: todos os seus ingressos foram vendidos em apenas 14 horas, no dia 8 de junho, depois de colocados à venda, antes mesmo de todo o line-up ser divulgado.

A organização do Planeta Terra Festival anunciou também uma alteração nos horários dos shows que acontecerão no Claro Indie Stage. A programação dos shows no Sonora Main Stage segue inalterada. Confira abaixo a programação completa e final do Planeta Terra Festival:

As atrações e os horários das apresentações

Palco Sonora Main Stage

  • 16h00 – Criolo
  • 17h30 – Nação Zumbi
  • 19h00 – White Lies
  • 20h30 – Broken Social Scene
  • 22h00 – Interpol
  • 23h45 – Beady Eye
  • 01h30 – The Strokes

Palco Claro Indie Stage

  • 16h00 – Banda do Concurso Hit BB (http://hitbb.planetaterra.com.br/)
  • 17h00 – The Name
  • 18h30 – Garotas Suecas
  • 20h00 – Toro y Moi
  • 21h30 – Gang Gang Dance
  • 23h00 – Goldfrapp
  • 00h45 – Bombay Bicycle Club
  • 02h15 – Groove Armada

(Os organizadores reservam- se o direito de com autonomia e liberdade, modificar a qualquer momento ou em qualquer condição, a programação preestabelecida e os horários do evento divulgados, especialmente em razão de força maior e/ou cases fortuitos. O ambiente está sendo filmado. As imagens são confidenciais e protegidas nos termos da lei (Decreto nº. 43.236 de 22/05/2009). Ao entrar no evento, você está ciente de que sua imagem poderá ser captada durante a gravação. Portanto os direitos sobre ela são cedidos de forma gratuita e definitiva.)

O Festival

Data: 05 de novembro

Local: Playcenter (São Paulo)
Endereço: Rua José Gomes Falcão, 20 – Barra Funda – São Paulo – SP

Abertura dos portões às 13h

O Planeta Terra Festival também conta com estacionamento e transfer de ônibus até o portão de entrada. Haverá táxi no local.

Site oficial: www.planetaterra.com.br

Siga o @planeta_terra. Acompanhe todas as novidades do festival em tempo real, através da #planetaterra2011. Tuite você também.

Quem é fã das bandas pode ouvir gratuitamente suas músicas pelo SONORA, do Terra,  na Rádio Planeta Terra Festival 2011. www.sonora.com.br/planetaterra

Como nas edições anteriores, o Terra TV transmitirá ao vivo, na íntegra em quatro canais simultâneos, todos os shows das bandas que estarão no Planeta Terra Festival. E o melhor de tudo, em high definition para América Latina e Estados Unidos e em live streaming para mobiles e tablets.

Planeta Terra 2011 em números

  • 15 atrações
  • 2 palcos musicais
  • 12 horas de evento
  • 700.000 watts de potência de luz
  • 600.000 watts de potencia de som
  • 82.000 m2 de área de evento

Ingressos

– Os ingressos estão esgotados desde o dia 8 de junho, apenas 14 horas após o início das vendas.

– Os ingressos ainda não retirados estão disponíveis nas bilheterias do Citibank Hall (Alameda Jamaris, 213 – Moema) em São Paulo até um dia antes do evento. No dia 5 de novembro, data do Planeta Terra Festival, os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do Playcenter (Rua José Gomes Falcão, 20 – Barra Funda) Além da bilheteria, o cliente tem a opção de retirar o ingresso em qualquer ponto de venda da T4F, inclusive no dia do
evento.

Obs: Os clientes que adquiriram ingressos para o show da banda Peter, Bjorn & John – cuja apresentação teve que ser cancelada por causa de um acidente com um dos artistas – e quiserem a devolução do dinheiro (http://www.midiorama.com.br/works/news/6928/planeta-terra-2011/), poderão reaver o mesmo nos canais de venda oficiais da Tickets For Fun, com reembolso integral do convite, incluindo o valor da taxa de conveniência.

– Para quem comprou pela Internet, a devolução será realizada  através do SAC 4003 6464
– Para quem comprou na bilheteria, a devolução será na própria bilheteria no endereço Av. Jamaris, 213 – Moema – São Paulo – SP
– Para quem comprou nos demais Pontos de Venda, a devolução será no mesmo endereço de compra.

Caso a compra tenha sido efetuada em dinheiro, o reembolso ocorrerá em dinheiro. Para compras efetuadas com cartão de crédito, o valor será creditado na fatura do cartão utilizado na compra. Para as compras efetuadas em cartão de débito, o valor será creditado através de depósito em conta. As restituições começaram a ser feitas a partir de 14 de Outubro de 2011 e vão até o dia 04 de Novembro de 2011.

Informações Importantes

  • Em cumprimento às normas e legislação em vigor, não será permitida a entrada de menores de 18 anos, mesmo que acompanhados de pais ou responsáveis.
  • Máquinas fotográficas (que não trocam de lente) são bem-vindas
  • Proibida a entrada de gravadores e filmadoras
  • É proibida a entrada ao local do evento portando armas, caixas, foguetes, objetos de vidro, plástico e/ou metal pontiagudos e/ou contundentes, bem como bebidas ou alimentos de qualquer natureza.
  • A organização do evento não se responsabiliza por ingressos adquiridos fora dos postos oficiais de venda.
  • É obrigatória a apresentação do documento de identificação original com foto para o acesso ao evento.
  • O estudante também deverá apresentar a sua carteira de estudante válida ou o comprovante de matricula do ano de 2011 acompanhado da cédula de identidade original, na porta de acesso ao evento, sob pena de ser a sua entrada nas dependências do festival.
  • Não é permitido entrar com guarda chuva, objetos pontiagudos, balões em geral, malabares, remédios, camisa de time de futebol, bandeira com mastro, papel em rolo de qualquer  espécie, máquina fotográfica profissional ( lente intercambiável).
  • Aproveite para relaxar e descontrair-se durante os intervalos dos shows no Espaço Sonora, com Wi-Fi. Confira o que você pode aproveitar: Laptops e iPads à sua disposição; Sonora Cell Power para carregar seu celular; – Wi-Fi Zone
  • A cada ano, o Planeta Terra Festival apresenta um novo formato de palco. Dessa vez o público conhecerá uma estrutura com ângulo inusitado e mais de 400m² de LED, tudo isso para tornar o festival ainda inesquecível.
  • Camisetas do Planeta Terra Festival: Não perca a chance de vestir as camisetas oficiais das bandas que estão no festival. Visite a área de merchandising e compre a sua! A Levi´s, em parceria com o Planeta Terra Festival, criou camisetas com estampas exclusivas para esta edição do
  • Festival.

* Translado – O Playcenter irá disponibilizar 20 ônibus gratuitos que farão o transporte do público a partir da estação Terminal Barra Funda e do estacionamento na av. Marquês de São Vicente, 1.619, a partir das 12h do sábado (dia 5). O caminho inverso será realizado até as 7h do domingo (6/10). O traslado será de Ida e volta tempo integral.
* Estacionamento: Av. Marques de São Vicente, 1.619 – Capacidade: 2.000 carros

Praça de Alimentação

O Planeta Terra terá uma grande praça de alimentação, com diferentes lanchonetes e produtos para o público. Veja abaixo os produtos que serão comercializados e os preços:

Trailer / Big Dog

  • Sanduiche Natural – 7,00
  • Hot Dog – 7,00
  • Elma Chips – 5,00
  • Sucos del Valle – 4,00
  • Refrigerantes – 4,00
  • Agua com ou sem gas – 3,00
  • Red Bull – 10,00
  • Combo Red Bull (2x) – 15,00

Chopp & Grill

  • Hot Pocket Picanha  – 7,00
  • Hot Pocket Extreme – 8,00
  • Elma Chips – 5,00
  • Sucos del Valle -5,00
  • Refrigerantes – 4,00
  • Agua com ou sem gas – 3,00
  • Red Bull – 10,00
  • Combo Red Bull (2x) – 15,00

Doce Tentação

  • Sanduiche Natural – 7,00
  • Elma Chips – 5,00
  • Croissant Recheado -6,00
  • Sucos del Valle – 4,00
  • Refrigerantes – 4,00
  • Agua com ou sem gas – 3,00
  • Red Bull – 10,00
  • Combo Red Bull (2x) – 15,00

Snack Central

  • Croissant Recheado – 6,00
  • Elma Chips – 5,00
  • Sanduiche Natural – 7,00
  • Red Bull – 10,00
  • Combo Red Bull (2x) -15,00

Ambulantes

  • Salada de Frutas Mix – 7,00
  • Picolé Nestle (tabela Nestle)

Praça de Alimentação (West, Splash, Gigantona)

  • Hot Pocket Picanha – 7,00
  • Hot Pocket Extreme – 8,00
  • Hot Pocket Pizza – 6,00
  • Hot Dog – 7,00
  • Batata Frita – 5,00
  • Salada Chicken Crisp (Sadia) – 12,00
  • Elma Chips – 5,00
  • Combo Hot Pocket Extreme – 16,00 (Sanduiche + Refri médio + Fritas)
  • Combo Hot Pocket X Picanha – 15,00 (Sanduiche + Refri médio + Fritas)
  • Combo Hot Pocket de Pizza – 14,00 (Pizza + Refri médio + Fritas)
  • Combo Hot Dog – 15,00 (Hot Dog + Refri médio + Fritas)
  • Sucos del Valle – 4,00
  • Refrigerante – 4,00
  • Agua com ou sem gas – 3,00
  • Red Bull – 10,00
  • Combo Red Bull – 15,00 (2 Red Bull)

Bares

  • Red Bull – 10,00
  • Cerveja Devassa – 5,00
  • Refrigerantes – 4,00 (Coca Cola, Coca Zero e Kuat)
  • Agua com ou s/ gas – 3,00

Brinquedos

Todos os brinquedos abaixo estarão abertos no dia do evento, conforme o horário estipulado.

13h – 22h – Cataclisma, Barca Viking, Waimea, Sky Coaster* e Windstorm.
14h – 4h – Boomerang, Evolution, Auto Pista, Turbo Drop e Polvo.

(Havendo necessidade, especialmente para garantir a segurança dos participantes, as partes poderão decidir pelo encerramento antecipado ou pela prorrogação de qualquer equipamento.)

* o brinquedo Skycoaster estará aberto, mas será cobrado a parte, por se tratar de um brinquedo terceirizado.

Repense, reduza, reuse e recicle

Desde sua primeira edição, em 2007, o Planeta Terra Festival desenvolve ações de cuidado com o meio ambiente, minimizando os impactos do festival. A HP é patrocinadora de todas as ações de sustentabilidade no Planeta Terra 2011, junto com a ONG Recicleiros, empresa de desenvolvimento de projetos socioambientais, as iniciativas visam à redução do impacto ambiental aliada a benefícios sociais para as comunidades participantes do projeto e para o
público presente. E o comprometimento com a sustentabilidade continua na edição de 2011:

Todo o lixo produzido no Planeta Terra Festival vai ser reciclado. Esse é um passo muito importante para poupar o meio ambiente e economizar energia. Use as lixeiras espalhadas pelo evento e o coletor de bolso que recebeu na entrada. O coletor deve ser usado para bitucas, papeis de bala e para o que mais for preciso. Só não vale jogar no chão. Leve essa idéia também para seu dia a dia.

Recicláveis: papéis, plásticos, metais e vidro.

Orgânicos: restos de alimentos, guardanapos sujos e outros.

Visite as oficinas de reciclagem do Planeta Terra Festival.

Quem curte o Planeta Terra Festival ajuda a cuidar do meio ambiente.

Compensação de carbono não é moda, é necessidade. O Terra patrocina um programa de reflorestamento de matas nativas e, por isso, parte da emissão e CO2 do Planeta Terra Festival será neutralizada.

Mais informações podem ser obtidas no site oficial do festival:
www.planetaterra.com.br.

As atrações do Planeta Terra Festival 2011

The Strokes

Formada em 1996, em Nova York, The Strokes tem como integrantes Julian Casablancas (vocais), Albert Hammond Jr. (guitarra), Nick Valensi (guitarra), Nikolai Fraiture (baixo) e Fabrizio Moretti (bateria e percussão).  Seu quarto e mais recente álbum, “Angles”, foi gravado em estúdio e estreou na quarta posição na parada Top 200 Álbuns da revista Billboard. Já a revista Rolling Stone concedeu quatro estrelas ao álbum, descrevendo-o como “o melhor álbum que The Strokes já gravou desde Is This It, de 2001″. Na estrada desde 2010, a banda tocou nos principais festivais internacionais, entre eles Benicassin, Lollapalooza e Coachella. (http://www.thestrokes.com/us/home)
Ouça grátis no Sonora: http://sonora.terra.com.br/#/artista/30099/strokes_the.

Beady Eye

A banda inglesa Beady Eye foi lançada em 2009 por ex-integrantes do grupo Oasis após a saída de Noel Gallagher do grupo. É formada pelo vocalista Liam Gallagher, o guitarrista Gem Archer e o baixista Andy Bell, que passou a tocar guitarra no Beady Eye. Conta também com o  baterista Chris Sharrock, que se tornou membro efetivo do grupo. Contrabaixo e teclado ficam por conta de Jeff Wootton e Matt Jones, respectivamente. O primeiro single do novo grupo saiu em novembro de 2010, “Bring the Light”, com download gratuito. O álbum de estreia, “Different Gear, Still Speeding” chegou ao público três meses depois, em fevereiro deste ano. (http://www.beadyeyemusic.com/)
Ouça grátis no Sonora: http://sonora.terra.com.br/#/artista/182437/beady_eye

Interpol

Criada em 1997 em Nova York, o pós-punk revival da Interpol lhe levou a papel de destaque na cena Indie da cidade. Já comparada a Joy Divison e The Chameleons, contava na formação original com Paul Banks (vocais e guitarra), Daniel Kessler (guitarra e vocais), Carlos Dengler (baixo e teclados) e Greg Drudy (bateria e percursão), substituído em 2000 por Sam Fogarino.   Seu álbum de estreia, “Turn on The Bright Lights” (2002), foi aclamado pela crítica, liderando a lista dos Top 50 da Pitchfork. Depois vieram “Antics” (2004) e “Our Love to Admire” (2007). Seu álbum mais recente, homônimo, foi lançado em setembro do ano passado. (http://www.interpolnyc.com/)
Ouça grátis no Sonora: http://sonora.terra.com.br/#/artista/31226/interpol.

Goldfrapp

Alison Goldfrapp (vocais/sintetizadores) e Will Gregory (sintetizadores) criaram a Goldfrapp em 1999, em Londres. Reconhecida por sua contribuição à popularização da música eletrônica, foi aclamada pelo público logo no álbum de estreia,  ”Felt Mountain” (2000). Em 2003, o novo álbum, “Black Cherry”, emplacou singles como “Strict Machine” e “Twist”. Seu sucesso influenciou a produção “dance-oriented sound” de “Supernature” (2005), mesclando glam rock, synthpop e dance music. Um dos três primeiros nas paradas americanas, com hits como “Ooh La La” e “Number 1″, foi indicado ao Grammy. O mesmo aconteceu com “Head First”, o álbum mais recente (2010), com dupla indicação no Grammy – Best Dance Recording e Best electronic/dance Album. (http://www.goldfrapp.com/)
Ouça grátis no Sonora: http://sonora.terra.com.br/#/artista/8711/goldfrapp.

Broken Social Scene

Canadense de Toronto, a banda indie Broken Social Scene foi criada em 1999 por Kevin Drew e Brendan Canning. Somaram-se a eles Leslie Feist, Evan Cranley, Andrew Whiteman e Justin Peroff. Em 2001, saiu o primeiro álbum da banda, “Feel Good Lost”. No álbum seguinte, “You Forgot It In People” –  premiado com o  Juno Award –  passara a integrar a banda James Shaw, Emily Haines, John Crossingham, Brill Priddle, Jessica Moss e Jason Collett. Em 2005, a banda lançou seu terceiro álbum, homônimo, confirmando seu protagonismo na cena indie do Canadá, ao lado de nomes como Arcade Fire. Seu álbum mais recente é “Forgiveness Rock Record” (2010). (http://www.brokensocialscene.ca/)
Ouça grátis no Sonora http://sonora.terra.com.br/#/artista/5944/broken_social_scene

White Lies

Criada em 2007, a inglesa White Lies  nasceu como Fear of Flying. Formada por Harry McVeigh (vocais e guitarra), Charles Cave (baixo e back vocal), e Jack Lawrence-Brown (bateria), a banda de rock indie toca ao vivo como um quinteto, com os  extras Tommy Bowen e Rob Lee. Seu album de estréia, “To Lose My Life” foi lançado em janeiro de 2009 e de saída já ocupou a primeira posição no  UK Albuns Chart. Nesse mesmo ano, foi premiada como Melhor Banda Nova nos Q Awards e, na mesma categoria, foi uma das bandas indicadas para o MTV Europe Music Awards. O segundo álbum, “Ritual”, saiu em janeiro de 2011. (http://www.whitelies.com/)
Ouça grátis no Sonora http://sonora.terra.com.br/#/artista/61493/white_lies.

Toro Y Moi

Toro Y Moi é Chaz Bundick, um americano nascido e criado em Columbia, na Carolina do Sul. Sua música apresenta forte influência das coleções de cassetes e vinis dos pais, sem  falar da admiração que tem por contemporâneos como Animal Collective, Sonic Youth, J Dilla e Daft Punk. Seu álbum “Underneath the Pine” foi lançado em fevereiro deste ano pelo selo Carpark Records, recebendo excelentes críticas em publicações como Pitchfork e Gorila vs Bear. Com isso, Toro y Moi se consolida como uma das referências do movimento chamado Chillwave. (http://www.myspace.com/toroymoi)
Ouça grátis no Sonora: http://sonora.terra.com.br/#/artista/91041/toro_y_moi.

Groove Armada presents  RedLight

Nos últimos 15 anos o Groove Armada esteve no coração da cena da música eletrônica europeia e internacional. A dupla britânica, criada em 1996 e formada por Yorkshireman Andy Cato (cujo nome real é Andrew Cocup) e Tom Findlay, ambos de Cambridge, conquistou os clubes e as paradas com uma sucessão de hits como “I See You Baby”, “Superstylin” e “Get Down”. Eles também se estabeleceram como um dos melhores shows de Dance Music do mundo. Agora apresentam Redlight – a luz vermelha que indica abrir um novo capítulo. Com este projeto, a banda, marcará um retorno ao espírito dos armazéns onde começou a Groove Armada. Neste último verão europeu, a dupla voltou a Ibiza para lançar o projeto em uma residência no Space Terrace, pontapé inicial para uma série de shows que farão internacionalmente. Site oficial: http://www.groovearmada.com/

Bombay Bicycle Club

Em pouco mais de três anos, a banda inglesa Bombay Bicycle Club lançou três discos, um feito cada vez mais raro na indústria musical. O mais recente deles, A Different Kind of Fix, chegou às lojas em agosto deste ano, conduzindo o grupo a um lugar de destaque entre as principais bandas britânicas. Gravado em Hamburgo, Londres e Atlanta, o novo álbum foi saudado pela crítica internacional como um novo capítulo da cada vez maior evolução musical da banda. Para celebrar o novo álbum, desde junho o BBC tem se apresentado nos principais festivais de verão da Europa como uma das principais atrações. Formada por Jack Steadman, Jamie MacColl, Suren de Saram e Ed Nash, a banda traz seu rock indiefolk para oPlaneta Terra em novembro. Site official: http://www.bombaybicycleclubmusic.com/

Gang Gang Dance

Gang Gang Dance é uma banda norte-americana que produz um som descrito pela crítica especializada como “música experimental”. Criada em Nova Iorque, em 2001, por Brian Degraw, Tim Dewit, Lizzie Bougatsos, Nathan Maddox e Josh Diamond, que decidiram formar o grupo – inicialmente chamado Death & Dying, o nome GGD foi adotado em 2002 – embora se encontrassem em um momento em que viviam diferentes projetos pessoais. Nathan morreu atingido por um relâmpago em 2002 e Tim resolveu seguir carreira solo em 2008, tendo sido substituídos por Taka Imamura e Jesse Lee. Desde o começo sempre se apresentaram em bares de Nova Iorque, em uma perfeita interação com o público, em shows bombásticos e bem estruturados. Em 2004 fizeram uma turnê com o Sonic Youth pelos Estados Unidos e depois embarcaram por uma turnê solo pela Europa. Ao final de 2005, Australia e Japão. Seu tipo de som pouco convencional fez com que o grupo fosse convidado para se apresentar na Bienal de Artes do Whitney Museum of Contemporary Art, um convite raro, que lhes rendeu enorme reconhecimento no meio musical. Já lançaram três EPs, um DVD e cinco álbuns de estúdio – o mais recente deles, “Eye Contact”, chegou às lojas este ano.

Site oficial: http://www.ganggangdance.com/

The Name

Surgido na cena independente brasileira, o The Name empolga pelo seu rock original e dançante, com influências do pós-punk e letras em inglês. Depois do enorme sucesso de público e crítica dos dois primeiros EPs, emplacaram os hits, “Can You Dance Boy?” e “Let the Things Go” – a capa do compacto vinil foi assinada pelo premiado ilustrador nova-iorquino Chad Walker.O  trio paulista é formado por Andy (voz e guitarra), Molinari (baixo) e Alves (bateria) e além de rodar todo o País, já se apresentou em alguns dos festivais mais conceituados do mundo, como South By Southwest, Canadian Music Week e VOV. (http://www.myspace.com/thenamemusik)
Ouça grátis no Sonora http://sonora.terra.com.br/#/artista/114648/name_the.

Criolo

Criolo estreou no rap em 1989. Em 2006 lançou seu primeiro álbum de estúdio, “Ainda Há Tempo”. Nessa época, fundou a Rinha dos MC’s, que existe até hoje. Foi indicado ao Prêmio Hutúz em 2007 e 2009. Lançou em maio deste ano seu primeiro álbum de canções, “Nó na Orelha”, cujo repertório será apresentado ao público no Planeta Terra, onde o artista se apresenta com banda completa. O disco rendeu ao artista cinco indicações ao VMB (artista do ano, revelação do ano, clipe do ano, melhor música e melhor disco) e, mais recentemente, lhe valeu o troféu no Prêmio Bravo! de Cultura na categoria “melhor show”.(http://www.criolo.art.br/criolononaorelhahotsite/)
Ouça grátis no Sonora http://sonora.terra.com.br/#/artista/185786/criolo.

Garotas Suecas

Formado em 2005, o Garotas Suecas caiu nas graças de platéias brasileira e americana após o lançamento de três EPs e turnês nos EUA entre 2008 e 2009 – quando, segundo a Spin, a banda fez um dos shows mais comentados do South by Southwest, no Texas. Videoclipes de singles como “Bugalu”, “Codinome Dinamite” e “Corina”, além de shows memoráveis no Brasil, garantiram duas indicações ao Video Music Brasil, da MTV: “Aposta” (em 2008), que se sagrou vitorioso, e “Revelação” (2009). Com Banda Escaldante, o Garotas Suecas apareceu em enquetes e listas de melhores discos nacionais de 2010. (http://www.bandagarotassuecas.com.br/)

Nação Zumbi

Nascida no começo dos anos 90, a banda Nação Zumbi (antes conhecido como Chico Science & Nação Zumbi, até a morte de Chico em 97) foi uma das responsáveis pela “abertura de portas” para o rock dos anos 90. Desde o lançamento do primeiro álbum, em 1994, passou por várias mudanças na sua formação até que chegasse à atual, que permanece inalterada desde 2002. Em 2006, a banda tocou no programa de TV britânico Later with Jools Holland, referência ao convidar destaques da música de todos os cantos do globo. Já lançaram oito discos, o último deles, Fome de Tudo, em 2007, e até o final deste ano, deve chegar as lojas um novo trabalho do grupo.

Site oficial: http://www.nacaozumbi.com.br/

FOTOS DOS SHOWS EM ALTA RESOLUÇÃO

Para baixar fotos durante os shows, basta acessar a sala de imprensa do site: www.argosfoto.com.br

VÍDEOS DOS SHOWS

O endereço do FTP com os vídeos dos shows serão disponibilizados no site: http://midiorama.com.br


A MIDIORAMA é responsável somente pela ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO deste evento, não tendo qualquer envolvimento ou responsabilidade sobre a produção, organização, venda de ingressos, agenda ou programação.


Formulário de credenciamento


Instituição

Editoria

Credenciado 1


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque