news

Rita Ora pede desculpas à comunidade LGBTQ por seu novo single e afirma já ter tido relações com mulheres


A cantora publicou um pedido de desculpas por associar o álcool à relações homoafetivas

rita-ora-girls-lgbtq

Quando Rita Ora se uniu a Charli XCX, Cardi B e Bebe Rexha para lançar ‘Girls’, ela certamente não esperava que seria questionada pela letra e por ser uma ofensa para alguns da comunidade LGBTQ+.

No refrão da faixa, Rita canta “Às vezes, eu só quero beijar garotas, garotas, garotas / Vinho tinto, eu apenas quero beijar garotas, garotas, garotas”. Com isso, alguns membros da comunidade interpretaram que ela estaria associando o álcool a uma parte necessária da relação homoafetiva.

A cantora usou seu Twitter para falar de sua própria sexualidade.

“Eu peço desculpas se a forma que me expressei na minha música machucou alguém. Eu nunca causaria um desconforto intencional a outra pessoa LGBTQ+. ‘Girls’ foi escrita para representar minha verdade e isso é uma precisa e muito honesta experiência na minha vida. Eu tive romances com mulheres e homens ao longo de minha vida e essa é minha jornada pessoal. “. – ela escreveu em sua rede.

Ao final da carta aberta, ela escreveu sobre seu apoio à comunidade.

“Eu sempre fui uma contribuinte da comunidade LBTQ+ durante toda a minha carreira e sempre continuarei sendo.”, ela escreveu.

 

Por Alexandre Levy


Deixe seu comentário


Envie sua matéria


Anexar imagem de destaque